‘Cuidava de tudo’, diz irmão sobre mulher que morreu após ser baleada em assalto a loja de rações registrado por câmeras


Imagens mostram bandidos chegando e atirando contra Suzana de Almeida, que estava no caixa do estabelecimento do irmão dela, Roberto de Almeida. Mulher deixou dois filhos. ‘Ela cuidava de tudo’, diz irmão sobre mulher assassinada em assalto a loja
Suzana de Almeida, de 29 anos, que morreu após ser baleada durante um assalto à loja de rações da família em Abreu e Lima, no Grande Recife, era uma mulher responsável, mãe dedicada aos dois filhos, brincalhona e sorridente. Essa é a definição dada pelo irmão dela, Roberto de Almeida, dono do estabelecimento.
Vídeo mostra mulher sendo baleada durante crime
“A gente trabalhava muito junto, muito unido. Em casa, para mim, ela era mais que uma irmã, ela era uma mãe. Cuidava de tudo. Com os filhos, ela era sem palavras. Muito cuidadosa, muito mesmo. Os vizinhos e amigos que conhecem sabem [que] ela estava sempre sorrindo e brincando”, contou Roberto.
O crime aconteceu na terça-feira (21) e foi registrado pelas câmeras de segurança, que flagraram os homens chegando ao local em um carro, praticando o crime e também o tiro que atingiu Suzana. As imagens são fortes (veja vídeo abaixo).
Vídeo mostra mulher sendo baleada durante assalto em Abreu e Lima
Suzana deixou dois filhos, um menino de 8 anos e uma menina de 3. Estava separada há pouco tempo, segundo o irmão, depois de um processo tranquilo de divórcio. Era ela quem cuidava da parte financeira da loja, aberta em dezembro de 2020, às margens da BR-101, contou Roberto, ficando responsável pelas vendas.
No dia do crime, Suzana estava no caixa do estabelecimento, por volta das 14h. As imagens das câmeras mostram que os bandidos chegam em um carro e descem numa rua ao lado da loja. Primeiro desce um deles, caminha um pouco. O segundo desce. E depois, mais um homem. O motorista permanece no carro (veja vídeo abaixo).
Então, os bandidos se aproximam da loja e entram bem rápido. O homem de boné fica na calçada. É possível ver a mulher conversando com outras pessoas no caixa, mexendo no celular e se assustando com a chegada dos dois homens armados que anunciam o assalto.
Vídeo mostra toda a ação de bandidos que balearam e mataram mulher em assalto a loja
Ela passa o telefone, o dinheiro do caixa. Quando ia entregar o relógio, foram feitos dois disparos, de acordo com a família dela. Os bandidos saem da loja, encontraram o que deu cobertura na calçada e fogem. A ação durou menos de um minuto.
“Deu para ver no vídeo que ela não reagiu. A gente só pede Justiça. […] Minha mãe está em choque ainda, teve que tomar calmante para poder dormir. Quando não é uma doença, é algo assim, é um choque muito grande”, declarou o irmão.
Suzana Neves de Almeida foi assassinada durante um assalto a uma loja de rações na terça-feira (21), em Abreu e Lima, no Grande Recife
Reprodução/WhatsApp
Roberto disse que todos os vídeos feitos no dia do crime foram encaminhados para a Polícia Civil, que investiga o caso como homicídio. A loja da família não abriu nesta quarta-feira.
A Polícia Civil informou, em nota, que o caso foi registro pela equipe da Força Tarefa de Homicídios Metropolitana Norte e que as investigações “seguem até elucidação do fato”.
As pessoas que tiverem informações sobre os criminosos podem entrar em contato com o Dique-Denúncia pelo telefone (81) 3421-9595.
VÍDEOS: Mais assistidos de Pernambuco
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.