Rio libera dose de reforço para isoso com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose até 28 de fevereiro

Segundo a prefeitura, grupo pode receber a dose de reforço ‘a qualquer momento’. A Prefeitura do Rio informou na tarde desta quarta-feira (22) que, por recomendação do Comitê Especial de Enfrentamento à Covid-19, idosos com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose da vacina até 28 de fevereiro no município já podem receber a dose de reforço a qualquer momento.
O calendário previsto para dose reforço por idade também permanece em vigor, conforme o seguinte calendário:
Terça (21): idosos de 88 anos ou mais e imunossuprimidos com 60 anos ou mais;
Quarta (22): idosos de 87 anos ou mais e imunossuprimidos com 40 anos ou mais;
Quinta (23): idosos de 86 anos ou mais e imunossuprimidos com 40 anos ou mais;
Sexta (24): idosos de 85 anos ou mais e imunossuprimidos com 40 anos ou mais;
Sábado (25): idosos de 84 anos ou mais e imunossuprimidos com 40 anos ou mais.
A cidade do Rio prossegue ainda com a aplicação da dose de reforço também em pacientes imunossuprimidos. A primeira dose para meninos voltou nesta quarta.
Primeira dose
Quarta (22): meninas de 13 anos;
Quinta (23): meninas de 13 anos;
Sexta (24): meninos de 13 anos.
Os postos fazem repescagem da primeira dose para pessoas com 18 anos ou mais, grávidas, lactantes e puérperas e pessoas com deficiência com 12 anos ou mais.
As unidades também seguem aplicando a segunda dose de todas as vacinas, conforme a data estipulada no comprovante da primeira.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.