Queimadas na BA: 680 focos de calor são identificados; regiões oeste e da Chapada Diamantina foram as mais afetadas

Seiscentos e oitenta focos de calor são identificados no estado nesta quarta-feira
Seiscentos e oitenta focos de calor foram identificados na Bahia, de acordo com dados do satélite de referência analisados nesta quarta-feira (22). As regiões oeste e da Chapada Diamantina são as mais afetadas.
Queimadas no oeste da Bahia chegam ao 15° dia; bombeiros tentam apagar focos de incêndios
Brigadistas relatam dificuldades para combater incêndios na região da Chapada Diamantina
Eu Te Explico #27: Aumento de queimadas na Bahia e os desafios da prevenção e combate aos incêndios
Na Chapada Diamantina, brigadistas voluntários têm trabalhado diariamente para conter o fogo. Pelo menos três cidades da região estão com focos de incêndio: Andaraí, Ibicoara e Lençóis.
Em Lençóis, os brigadistas relataram as dificuldades para conseguir apagar as chamas. “Tem uns espinhos que seguram a gente, quando estamos com o motor, a gente cai no chão. É um perigo”, relatou.
Nesta quarta-feira, foram liberadas mais duas aeronaves, através do Programa Bahia Sem Fogo, da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), para auxiliar no combate na região oeste. No entanto, oito do modelo Air Tractor e com capacidade de armazenamento de dois mil litros de água já auxiliam no combate (duas na Chapada e seis na região oeste), totalizando 10 aeronaves. Além disso, cerca de 100 bombeiros atuam, junto com brigadistas, nos municípios atingidos.
O combate aos incêndios florestais acontecem nos seguintes municípios: Barreiras, com bombeiros e Prevfogo; Baianópolis, com Bombeiros; Buritirama, com brigadistas e bombeiros estão a caminho; na cidade de Luís Eduardo Magalhães estamos com bombeiros, Morpará, bombeiros; Campo Alegre de Lurdes, estamos combatendo com bombeiros; Mulungu do Morro, estamos com bombeiros e brigadistas; Gentio do Ouro, estamos com bombeiros e no município de Seabra, o combate acontece com bombeiros e brigadistas. Bombeiros também já foram encaminhados para atuar nos municípios de Barra e Rio do Pires.
O Programa Bahia Sem Fogo tem intensificado as ações de monitoramento, combate e fiscalização aos incêndios florestais na Bahia desde junho, em parceria com secretarias, órgãos do Estado, Corpo de Bombeiros, secretarias municipais, lideranças locais, associações, brigadistas e Prevfogo.
Em qualquer sinal de incêndio, a população deve ligar para o 193. Já as denúncias de queimadas ilegais e outros crimes ambientais podem ser feitas pelo telefone 0800 071 1400.
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia
Ouça ‘Eu te Explico’
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.