O amortecedor de tensões entre os Poderes é Temer, não Nogueira

Era preciso arranjar uma boa desculpa para escapar de uma candidatura indesejável a governador do seu Estado, o Piauí, continuar levando a vida boa e alegre de Brasília que tanto gosta, e arranjar recursos para seu partido às vésperas de novas eleições.

E assim o fez o senador Ciro Nogueira (PP) ao apresentar-se como “o amortecedor de tensões entre os Poderes” quando aceitou o convite de Jair Bolsonaro para chefiar a Casa Civil da presidência da República. Haveria tarefa mais nobre do que essa?

Na primeira grande oportunidade que teve para amortecer as tensões, Nogueira não foi bem-sucedido, mas não por culpa dele. Bolsonaro aproveitou o 7 de setembro em São Paulo para baixar o cacete no ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal.

Em seguida, Nogueira foi surpreendido pela aparição repentina em seu pedaço do ex-presidente Miguel Temer, que em menos de 24 horas baixou a fervura da crise institucional. Por merecimento, é Temer o verdadeiro “amortecedor de tensão entre os Poderes”.

O post O amortecedor de tensões entre os Poderes é Temer, não Nogueira apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.