Na abertura do returno, Grêmio vence o Ceará com gols de Diego Souza e Ferreira

O Grêmio abriu o returno vencendo o Ceará por 2 a 0 no fim da manhã deste domingo, em Porto Alegre. Com gols de Diego Souza e Ferreira, o Tricolor larga bem no returno e parece mostrar evolução para escapar do rebaixamento.

Ferreira comemora o segundo gol do Grêmio na vitória deste domingo

Ferreira comemora o segundo gol do Grêmio na vitória deste domingo. – Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPA

Depois de duas semanas de treino o técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu na escalação, sem Villasanti, Campaz e Borja, mas com Jhonatan Robert na frente, acompanhado por Ferreira e Diego Souza, colocando Alisson no meio.

No começo do jogo o Tricolor se mostrou um pouco desorientado, com leve domínio do time de Fortaleza. Aos 10 minutos, Ferreira chuta perto do gol e, a partir daí, o Tricolor passou a ser quem dominou as ações, com alguns bons momentos do Ceará. O importante é que o ataque funcionou melhor, e isso era o que faltou no primeiro turno.

Por volta dos 35 minutos, quando a primeira etapa parecia se encaminhar para o fim sem gols, o Ceará se encontrou e passou a manter o Grêmio na defesa. Foi neste momento, porém, que Alisson cruzou da ponta esquerda na cabeça de Diego Souza, abrindo o placar para os donos da casa.

E aos 45, Ferreira, do mesmo lugar onde estava Alisson, chuta cruzado e amplia, com a bola batendo na trave antes de entrar. Fim do primeiro tempo, 2 a 0.

Em vantagem, no segundo tempo o Grêmio se preocupou em administrar. Sem deixar de atacar, mas com maior volume de jogo do Ceará. Mesmo assim, o time do nordeste não chegou a oferecer perigo. Entre as alterações, entraram Borja – que chegou ontem do período servindo a seleção colombiana e nitidamente estava fora de ritmo -, e Villasanti, sempre combativo.

Com o resultado, o Grêmio chegou a 19 pontos, deixou a vice-lanterna do campeonato e ficou a três de sair da zona do rebaixamento. Os primeiros times fora da área de perigo são o Bahia – com dois jogos a mais – e o São Paulo, ambos com 22. O tricolor paulista tem mesmo número de partidas que o gaúcho, mas ainda enfrenta o Fluminense na noite deste domingo.

Agora, duas vezes Flamengo no caminho tricolor. Na quarta, no Maracanã, pelo jogo de volta da Copa do Brasil (no jogo que o Grêmio ameaça não entrar em campo), e no domingo, pelo Brasileirão, também no Rio de Janeiro.

TURNO X RETURNO

O Grêmio abriu o returno vencendo o Ceará, que o derrotou na abertura do campeonato. Ou seja, depois da primeira rodada do turno o Grêmio não tinha pontos, e, no returno, tem três. Para escapar do rebaixamento faltam 25, que equivalem a oito vitórias e um empate em 20 jogos (incluindo os dois atrasados).

Primeiro tempo
10min – Cobrança de falta, triangulação do Grêmio na esquerda de ataque. Chute de Ferreira passa perto do gol
23min – Diego Souza escora com o peito e Ferreira chuta seco do meio do círculo para importante defesa.
30min – Bom ataque do Ceará, Vina cruza da esquerda e Rafinha desvia para escanteio
42min – Quando o Ceará estava melhor, Alisson recebe e cruza da direita na cabeça de Diego Souza, que acerta o canto e abre o placar.
45min – Chute cruzado de Ferreira da esquerda, bola bate na trave e entra, 2×0.

Segundo tempo
8min – Jhonata Robert lança rasteiro para Diego Souza, cortado por Gabriel Dias.
23min – Ferreira na ponta esquerda, dribla e chuta cruzado por cima
26min – Marlon coloca a bola na área, mas Chapecó sai do gol e fica com ela
38min – Borja chuta do meio do círculo, para fora.
46min – Bola sobra com Erick, que chuta fraco nas mãos de Gabriel Chapecó.
51min – Falta do Everton. Cruzamento na área, Gabriel tira de soco.

Grêmio 2 x 0 Ceará
12/09, Arena do Grêmio

Grêmio:
Gabriel Chapecó; Rafinha (Cortez), Rodrigues, Ruan e, Vanderson; Thiago Santos, Lucas Silva e Alisson (Everton); Jhonata Robert (Villasanti), Ferreira (Léo Pereira) e Diego Souza (Borja).

Ceará:
Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fernando Sobral (Marlon), Fabinho, Vina (Yoni Gonzales), Lima (Rick), Jael (Cleber) e Mendoza (Eric);

Arbitragem:
Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.