Shang-Chi lidera bilheteria nos EUA pelo segundo fim de semana, enquanto Maligno decepciona

Por Rebecca Rubin

LOS ANGELES (Variety.com) – O filme “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis”, da Marvel, dominou as bilheterias nos Estados Unidos novamente, arrecadando 35,8 milhões de dólares em seu segundo fim de semana em cartaz nos cinemas.

As vendas de ingressos para o filme de super-heróis, protagonizado por Simu Liu e Awkwafina, caíram 53% desde a estreia, um declínio no mesmo nível de muitos lançamentos da Marvel em tempos pré-pandêmicos. No entanto, “Shang-Chi” está se segurando melhor do que “Viúva Negra”, a adaptação dos quadrinhos estrelada por Scarlett Johansson, que despencou quase 70% após a estreia. “Viúva Negra” chegou simultaneamente no Disney Plus (por um adicional de 30 dólares), enquanto “Shang-Chi” está passando apenas nos cinemas presenciais.

As receitas de bilheteria de “Shang-Chi” parecem encorajar a Disney, com o estúdio anunciando na semana passada que os demais lançamentos para 2021 – incluindo “Eternos” da Marvel e a adaptação de Steven Spielberg para “Amor, Sublime Amor” – serão exclusivos para as salas de cinema.

A notícia é especialmente promissora para as operadoras de cinemas, porque os filmes da Disney estão rotineiramente entre os de maior bilheteria do ano e a maioria dos locais de exibição nos EUA e no Canadá têm tido dificuldades para vender ingressos de títulos que também estão nas plataformas de streaming.

O único novo lançamento doméstico do fim de semana, o filme de terror da Warner Bros. “Maligno”, não foi páreo para “Shang-Chi”, com a película estreando com arrecadação de 5,57 milhões de dólares em 3.485 salas.

É um resultado morno, já que o terror tem sido um porto seguro durante a pandemia, e o diretor do filme, James Wan, cocriador das franquias “Invocação do Mal” e “Jogos Mortais”, tem um histórico sólido quando se trata de filmes do gênero.

Mas o final imprevisível, bem como críticas decentes para o gênero (75% no Rotten Tomatoes) não foram suficientes para atrair o público a assistir a um filme que, como outros lançamentos da Warner em 2021, também está disponível no HBO Max simultaneamente. Ele obteve nota “C” no CinemaScore, o que não é bom sinal para as perspectivas futuras.

No exterior, “Maligno” arrecadou 6,3 milhões de dólares em 69 mercados internacionais, com uma arrecadação internacional total de 9,5 milhões de dólares e uma contagem global de 15,1 milhões de dólares.

“Esta é uma estreia fraca para um gênero que se manteve bem durante a pandemia”, disse David. A Gross, que dirige a consultoria de cinema Franchise Entertainment Research. “Com o filme disponível na HBO, esse começo está abaixo da média.”

Para colocar em perspectiva as vendas ruins de ingressos no fim de semana de estreia de “Maligno”, o filme “Free Guy: Assumindo o Controle”, uma comédia de ficção científica da Disney estrelando Ryan Reynolds, arrecadou praticamente a mesma quantia em seu quinto fim de semana em cartaz.

Em segundo lugar nas bilheterias, “Free Guy” embolsou 5,8 milhões de dólares em 3.650 salas, aumentando seu total doméstico para 101,5 milhões de dólares, uma quantia impressionante para um enredo original.

O filme de terror da Universal “A Lenda de Candyman” conquistou o quarto lugar com 4,8 milhões de dólares em 3.279 locações. Após três semanas de lançamento, o filme já amealhou 48 milhões de dólares nos EUA e no Canadá e outros 10,9 milhões de dólares internacionalmente.

A aventura familiar da Disney “Jungle Cruise” completou o top 5, arrecadando 2,4 milhões de dólares em seu sétimo fim de semana em cartaz.

O post Shang-Chi lidera bilheteria nos EUA pelo segundo fim de semana, enquanto Maligno decepciona apareceu primeiro em ISTOÉ DINHEIRO.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.