Naldo aglomera centenas sem máscara em show sem autorização em BH

Um show sem licencimento do cantor Naldo Benny reuniu centenas de pessoas nesse sábado (11/9) no Bairro Nova Gameleireira, Região Oeste de Belo Horizonte. 
Por pouco, o artista não realizou uma outra apresentação neste domingo (12/9), na Pampulha, sob as mesmas condições inapropriadas. A prefeitura, no entanto, conseguiu embargar o evento. 

Aglomeração

Fotos e vídeos do show feito no sábado dentro do espaço La Mansão, no Bairro Nova Gameleira, circulam pelas redes sociais. 

As imagens mostram participantes sem máscaras. A maioria dos pagantes também não respeita o distanciamento de dois metros fixado para ocupantes em ambientes fechados.
Por meio de nota, a PBH confirmou que a atração não havia sido licenciada junto ao município.
Segundo o Executivo Municipal, o licenciamento específico é exigido quando o estabelecimento não tem alvará para funcionar como casa de show, exatamente o caso de La Mansão. O descumprimento da norma acarreta multa de R$ 18 mil. 

Festa encerrada

O espetáculo deste domingo seria realizado no Posto 9 Sport e Bar, no Bairro Ouro Preto. A festa teve início à tarde. Naldo chegou a anunciar no Instagram que chegaria para animar o público à noite. 
“Salve galera de BH, obrigado, que vibe, que astral, tô gostando muito. O flow não para nunca, certo? Vamos de novo!”, disse o funkeiro nas redes sociais. 
Fiscais da PBH, contudo, encerraram o evento antes que ele entrasse no palco. Segundo os agentes, o bar foi multado em R$ 36 mil, pois é reincidente no descumprimento de protocolos sanitários. 
“Em relação ao Posto 9 Sport e Bar, na Pampulha, a PBH informa que o estabelecimento já havia sido interditado em janeiro deste ano por descumprimento dos protocolos sanitários e também já havia sido multado. Será também encaminhado à Procuradoria Municipal para adoção de outras medidas cabíveis no âmbito judicial”, diz a nota enviada ao Estado de Minas
A reportagem tentou contato com o produtora do show de Naldo e com a assessoria do próprio cantor Naldo, sem sucesso. O EM também procurou as duas casas de entretenimento – La Mansão e Posto 9 Sport e Bar – , mas não obteve retorno. 

Regras

O protocolo municipal de funcionamento para teatros, shows e espetáculos define que os estabelecimentos devem limitar o público a 60% dos assentos disponíveis. O limite de ocupação é 600 pessoas para eventos com consumo de alimentos e bebidas, e 800 pessoas quando não houver serviço de alimentação. 
A venda de ingressos para assentos sem distanciamento é permitida para grupos com, no máximo, quatro pagantes, desde que os ingressos sejam adquiridos por uma mesma pessoa.
As cadeiras devem ser dispostas de forma que um ocupante não fique em frente a outro e que seja respeitado o distanciamento mínimo de um metro entre cada ocupante em ambientes abertos e de dois metros em ambientes fechados.
O uso de máscaras é obrigatório para todos. 
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.