Escalações, ficha e tudo sobre Sport x Inter

A rodada ajudou o Inter, não deixando desgarrar os adversários na luta direta por vaga na Libertadores. Resta saber se o Inter vai se ajudar nesta segunda-feira, 20h, contra o Sport, em Pernambuco, na sua estreia no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Lindoso retorna ao meio-campo colorado – Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Uma vitória faz o clube gaúcho pular para a nona posição, a três pontos do Corinthians, sexto colocado e detentor da última vaga (provisória) para a principal competição interclubes da América do Sul em 2022. Já uma derrota deixa o Colorado embolado com os clubes que lutam contra o rebaixamento.

O técnico Diego Aguirre não confirmou a escalação. Para o lugar de Marcelo Dourado, suspenso, e Taison, lesionado, os prováveis substitutos são Johnny e Maurício. Mas não está descartada a possibilidade de o treinador optar por Boschilia em vez de Johnny, deixado a equipe mais ofensiva, aproveitando a inaptidão do time nordestino para o ataque – o Sport tem o pior ataque da competição, com apenas oito gols em 19 jogos.

O treinador uruguaio terá ainda dois desfalques que ele pretendia deixar no banco de reservas. E ambos estrangeiros: o zagueiro argentino Mercado, lesionado, e o atacante chileno Palacios, suspenso. Além de Lindoso, que cumpriu suspensão na rodada passada, o Inter conta com a volta do lateral-direito Saravia, recuperado de lesão.

Antes de ir ao Recife, a delegação colorada passou o domingo em São Paulo e realizou, pela manhã, um treino no Centro de Treinamento da base do Palmeiras. Aguirre comandou exercício de finalização e de bola parada ofensiva.

PERUANO

O atacante Guerrero se disse motivado para, nas próximas rodadas, retomar a titularidade. “Estamos nos preparando para o jogo, que será muito importante. Precisamos, urgentemente, dos três pontos”, raciocinou o peruano.

Com 23 pontos, o Inter ocupa atualmente a 12ª posição. Como o duelo contra o Bragantino, na última rodada do primeiro turno, em 4 de setembro, não foi realizado (a CBF adiou a rodada para que os clubes pudessem ceder jogadores para as seleções que disputam as Eliminatórias da Copa do Mundo), o jogo com o Sport marca exatamente 50% do Brasileirão disputado pelo Inter (19 de 38 jogos do ano).

CRISE

Envolto em uma das grandes crises financeiras de sua história, o Sport luta contra o rebaixamento e, contra o Inter, não terá seu principal reforço na luta contra a degola: o meia Hernanes, expulso contra o Atlhetico-PR na rodada passada. O zagueiro Pedro Henrique, emprestado pelo Inter, é outro que não poderá atuar, devido a uma cláusula no contrato. O técnico paraguaio Gustavo Florentín, bem ao estilo predominante no futebol de seu país, estreou na rodada anterior adotando um esquema bastante retrancado. Se conseguir os três pontos, a equipe sobe uma posição e ultrapassa na tabela o Grêmio, mas seguirá na zona do rebaixamento, em 18º lugar.

FICHA TÉCNICA
Sport x Inter
Ilha do Retiro (PE)
20h

SPORT
Mailson; Hayner, Sabino, Rafael Thyere e Sander; José Welison, Marcão, Trellez, Thiago Neves e Paulinho; André. Técnico: Gustavo Florentín.

INTER
Daniel, Saravia, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Johnny ((Boschilia), Edenilson, Maurício e Patrick; Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro (GO), auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Rafael Trombeta (PR). VAR: Marcio Henrique de Gois (SP).

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.