Polícia Civil cumpre mandados contra criminosos que se passavam por agentes de saúde para aplicar golpes


De acordo com a polícia, são 16 mandados no total, 11 de busca e apreensão e cinco de prisão. As investigações começaram em Sorocaba (SP), já que parte das vítimas é moradora da cidade. Polícia Civil de Sorocaba cumpre mandados contra criminosos que se passavam por agentes de saúde para aplicar golpes
Divulgação
Policiais civis da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Sorocaba (SP) cumprem, na manhã desta segunda-feira (13), suspeitos que se passavam por agentes do Ministério da Saúde para roubar dados pessoais e aplicar golpes em moradores.
De acordo com a polícia, são 16 mandados no total, 11 de busca e apreensão e cinco de prisão. As investigações começaram em Sorocaba, já que parte das vítimas é moradora da cidade.
Golpe do WhatsApp x pesquisa do Ministério da Saúde sobre Covid: saiba como não ser vítima de crime
Tire dúvidas sobre o WhatsApp: roubo da conta, golpe do pagamento antecipado e rastreamento de mensagens
Conforme investigado, os criminosos se passavam por funcionários do Ministério da Saúde e afirma que está fazendo uma pesquisa sobre o novo coronavírus para tentar clonar o WhatsApp da vítima.
Os golpistas faziam perguntas sobre o perfil da pessoa e, em seguida, enviavam números dizendo que são o protocolo de atendimento. Na verdade, o que ele está enviando são dígitos que, uma vez compartilhados, permitem acesso ao WhatsApp da vítima.
Com isso, os suspeitos pediam dinheiro em nome dela para parentes e amigos.
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.