Zona Sul de SP ganha ‘Casa da Mulher Paulistana’, espaço de apoio às mulheres vítimas de violência


Local oferece cursos como corte e costura, com o objetivo de promover a independência financeira das mulheres. Prefeitura de SP inaugura ‘Casa da Mulher Paulistana’ na Zona Sul de SP
Reprodução/TV Globo
O Jardim São Bernardo, na Zona Sul de São Paulo, ganhou nesta segunda-feira (13) a “Casa da Mulher Paulistana”, um espaço de apoio às mulheres vítimas de violência.
No local, além do acolhimento de vítimas de agressões, são oferecidos cursos como corte e costura, com o objetivo de promover a independência financeira das mulheres.
Projeto de Paraisópolis que confeccionou vestido da 2ª colocada no Miss Universo já capacitou 250 mulheres em 4 anos
“Aqui a mulher é acolhida, direcionada ao psicólogo, caso seja necessário, e depois dessa mulher cuidada, tratada, empoderada, nós a colocamos nos cursos de acordo com a sua aptidão”, disse a presidente da Casa, Lucia Brugnera.
O espaço é uma iniciativa da sociedade civil que sobrevive com parcerias, doações e recursos próprios. Para ajudar o local, ligue para 3368-7700.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.