iPhone 13 Pro deve trazer edição com 1 TB de armazenamento

A Apple deve expandir as opções de espaço do iPhone 13 Pro e 13 Pro Max. De acordo com as previsões do analista Ming-Chi Kuo neste domingo (12), as edições mais encorpadas do celular devem ser vendidos com armazenamento de 128 GB a 1 TB. Já os modelos mais “simples” estão cotados a chegar às prateleiras sem a variante de 64 GB.

  • iPhone 13, Apple Watch e mais: o que esperar do evento em 14 de setembro
  • Lançamento do iPhone 13: o que esperar de ficha técnica e preço no Brasil
iPhone 12 Pro (Imagem: Alwin Kroon/Unsplash)
iPhone 12 Pro (Imagem: Alwin Kroon/Unsplash)

As informações, que foram reveladas pelo 9to5Mac, partem das expectativas do analista para o evento de amanhã. Em relação ao sucessor do iPhone 12, Kuo espera que a Apple deixe de comercializar os modelos com 64 GB de espaço. No lugar, a fabricante deve prolongar as faixas de armazenamento de todos os modelos, incluindo a linha Pro.

No caso do iPhone 13 e da edição Mini, as opções devem começar com 128 GB de armazenamento, e não mais 64 GB como acontece desde o iPhone XR. Sendo assim, na hora da compra, o consumidor poderá escolher entre 128 GB, 256 GB e 512 GB. A safra do 2020 está disponível nas seguintes opções: 64 GB, 128 GB e 256 GB.

Situação similar deve acontecer com o iPhone 13 Pro e 13 Pro Max. Os celulares até vão continuar com armazenamento a partir de 128 GB. No entanto, a Apple pretende incluir, segundo o analista, uma opção com 1 TB de espaço pela primeira vez. Sendo assim, o telefone deve chegar às prateleiras com 128 GB, 256 GB, 512 GB e 1 TB.

Provável iPhone 13 Pro (Imagem: reprodução/EverythingApplePro)
Provável iPhone 13 Pro (Imagem: reprodução/EverythingApplePro)

Falta de chips pode afetar a distribuição do iPhone 13

Kuo também espera que a Apple enfrente alguma dificuldade na distribuição do iPhone 13 devido à crise de semicondutores. “A remessa do iPhone 13 no quarto trimestre de 2021 pode ter um risco potencial de queda devido à falta de componentes”, afirmou. “No entanto, essa desvantagem tem um impacto limitado nas remessas do iPhone 13”.

O evento está marcado para esta terça-feira (14). Além dos sucessores do iPhone 12, a Apple ainda deve apresentar os novos AirPods 3 na conferência, de acordo com Ming-Chi Kuo, com um visual mais próximo da variante Pro. O Apple Watch Series 7, possivelmente com design remodelado, é outra aposta para a ocasião.

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
MacBook Pro (2020) com Apple M1 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Novos MacBooks Pro devem chegar ainda neste ano

A Apple ainda deve introduzir uma nova geração do MacBook Pro com Apple M1X neste ano, mas em outro momento. É o que aponta Mark Gurman, da Bloomberg, na edição deste domingo (12) da newsletter Power On. A companhia deve apresentar o notebook “nas próximas semanas”, possivelmente em outubro, ao lado de um novo iPad.

A atualização está cotada a trazer algumas melhorias de desempenho. É o caso do processador Apple M1X, que tende a ser uma versão mais encorpada do M1. O notebook ainda deve chegar às lojas com telas de 14 polegadas e 16 polegadas, porta HDMI, carregador MagSafe e sem a Touch Bar. O design também pode ser renovado.

Ainda não há previsão de preço do novo MacBook Pro.

Com informações: 9to5Mac (1 e 2) e Bloomberg (Power On)

iPhone 13 Pro deve trazer edição com 1 TB de armazenamento

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.