De milionário a sobrevivente de câncer: quem viaja na missão SpaceX?

A SpaceX colocará em órbita pela primeira vez nesta quarta-feira (15) uma tripulação sem nenhum astronauta profissional a bordo.

Os quatro passageiros que personificam a abertura do espaço ao público viajam na missão batizada de Inspiration4.

O bilionário Jared Isaacman está por trás do projeto. Foi ele quem encomendou a viagem, pagou todas as despesas e convidou três anônimos, não com base em um processo seletivo, mas com um critério peculiar: cada vaga terá um valor atribuído.

– Jared Isaacman, piloto bilionário –

Isaacman é o comandante da missão.

O americano de 38 anos é fundador e CEO da Shift4 Payments, que oferece a comerciantes e restaurantes um serviço de processamento de transações com cartão bancário. Ele criou a empresa aos 16 anos no porão de sua casa.

Fã de aviação, detém o recorde de volta ao mundo em um jato leve e está qualificado para pilotar diversos aviões militares. Em 2012, ele fundou uma academia de treinamento para pilotos da Força Aérea dos Estados Unidos chamada Draken International.

Casado e pai de dois filhos, sempre foi apaixonado pela exploração espacial.

Em 2008, ele presenciou a partida de um foguete do Cazaquistão com um dos primeiros turistas a visitar a estação espacial ISS, Richard Garriott. Foi depois dessa experiência que ele contatou a SpaceX.

Seu assento na nave representa “liderança”.

– Hayley Arceneaux, sobrevivente de câncer –

Quando criança, Hayley Arceneaux recebeu tratamento para câncer ósseo no Hospital St. Jude em Memphis, Tennessee, para o qual Isaacman organizou uma arrecadação de fundos. Atualmente, ela trabalha no local como assistente médica.

Aos 29 anos, ela será a mais jovem americana a orbitar o planeta e a primeira pessoa com uma prótese a viajar para o espaço.

Ela será a encarregada da saúde na missão. Sua vaga representa “esperança”.

– Sian Proctor, professora e candidata a astronauta –

Sian Proctor, 51 anos, ensina geologia em uma pequena faculdade do Arizona.

Ela nasceu em Guam e seu pai trabalhou na Nasa durante as missões Apollo. No Havaí, ela participou de um experimento de simulação de vida em Marte e se candidatou duas vezes para se tornar astronauta da Nasa.

Em 2009, ficou entre os 12 finalistas de mais de 3.500 candidatos. Será a quarta mulher negra enviada ao espaço. Ela será piloto da missão auxiliando o comandante.

Ela ganhou sua vaga, que representa “prosperidade”, criando um site de vendas on-line vinculado ao espaço como parte de uma competição organizada pela empresa de Isaacman.

– Chris Sembroski, veterano da Força Áerea –

O veterano da Força Aérea dos Estados Unidos Chris Sembroski tem 42 anos e serviu no Iraque. Atualmente, ele trabalha na indústria aeronáutica para a companhia Lockheed Martin.

Ele foi selecionado para a missão após fazer uma doação ao Hospital St. Jude.

Sua vaga na nave representa “generosidade”. Suas tarefas serão ajudar no gerenciamento da carga a bordo e nas comunicações com a Terra.

LOCKHEED MARTIN

ST. JUDE MEDICAL

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.