TCU suspende por 45 dias autor do relatório que, sem provas, questionou número de mortes por Covid

O presidente Jair Bolsonaro usou o relatório para afirmar que havia supernotificação das mortes. TCU afastou por 45 dias autor do relatório que, sem provas, questionou número de mortes de covid
O Tribunal de Contas da União suspendeu por 45 dias o auditor Alexandre Marques, autor de um relatório sem nenhuma prova que questionou o número de mortes por Covid no Brasil. O presidente Jair Bolsonaro usou o relatório para afirmar que havia supernotificação das mortes.
Em depoimento à CPI da Covid, Alexandre Marques disse que o relatório foi adulterado depois de entregue a Bolsonaro, com a inclusão do timbre do TCU. O tribunal sempre afirmou que o material não tinha legitimidade. Durante a suspensão, Alexandre Marques fica sem receber salário.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.