BR-282 acumula acidentes e mortes em SC; relembre casos

A BR-282, que liga a capital de Santa Catarina, Florianópolis, ao Extremo-Oeste do Estado, na cidade de Paraíso, divisa com a Argentina, vem sendo palco de acidentes e mortes nos últimos anos. Só em 2021, mais de 15 pessoas morreram enquanto transitavam pela rodovia.

Rodovia é rota de escoamento da produção, mas requer atenção redobrada – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Mais recentemente, entre o domingo (12) e esta segunda-feira (13), dois acidentes com vítimas fatais foram registrados dentro dos 684 km de extensão que o pavimento possui.

Na primeira ocasião, em Lages, um micro-ônibus que transportava um time de vôlei amador, com atletas entre 17 e 22 anos, de Curitibanos, se chocou contra uma caminhonete.

O carro invadiu a pista contrária, matando a motorista, de 31 anos, um rapaz e uma criança. Não houve mortes entre os ocupantes do micro-ônibus.

Já nesta segunda, à 1h40, o líder da banda Garotos de Ouro, Airton Machado, também morreu na rodovia, no quilômetro 44,2, em Águas Mornas, na Grande Florianópolis. O ônibus do grupo, conduzido por ele, teria perdido os freios em um trecho de descida e batido contra um paredão de pedras.

Histórico da rodovia e das tragédias

A BR-282 teve sua construção iniciada, oficialmente, na década de 1960. Contudo, o pavimento só foi concluído em 2008, sendo visto como um avanço nas questões política, econômica e cultural de Santa Catarina.

Com início na cabeceira das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos, do lado continental de Florianópolis, a rodovia é palco para acidentes em diversos trechos da sua extensão, até Paraíso.

Relembre alguns dos acidentes na rodovia em 2021:

  • 01/06/2021

Na altura da cidade de Campos Novos, um acidente na BR-282 matou duas pessoas, de 25 e 27 anos, após uma colisão entre um ônibus e um caminhão. Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), ainda houve um ferido.

As vítimas fatais ficaram presas às ferragens, morrendo no local. O ferido, um homem de 37 anos, foi socorrido pelas equipes de saúde do Samu e levado ao hospital.

  • 23/07/2021

Em julho deste ano, uma colisão de efeito ‘dominó’ envolveu seis carros e dois caminhões em um acidente em Águas Mornas, na Grande Florianópolis. Contudo, as vítimas tiveram apenas ferimentos leves.

Oito veículos se envolveram em grave acidente na BR-282, em Rancho Queimado – Foto: Reprodução/PRF/ND

A PRF informou que o acidente ocorreu no Km 45 da rodovia, e toda a situação teria começado a partir da perda do mecanismo de freio de um dos caminhões, que colidiu com os demais veículos.

  • 24/07/2021

No mesmo mês, uma família inteira morreu em um acidente, na conhecida “curva dos coelhos”, em Cordilheira Alta.

Carro ficou destruído após colisão – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

A batida envolveu um GM/Ônix, um VW/Polo e um caminhão baú. As vítimas eram Fernando Santin, de 30 anos, Jessica Trindade Santin, de 29, e a filha do casal, Caroline Santin, de apenas três anos.

O motorista do caminhão não se feriu, enquanto a motorista do Polo, de 42 anos, foi atendida e liberada.

  • 08/08/2021

Aos 24 anos, um motorista que retornava de uma motociata na qual o presidente Jair Bolsonaro participava, em Florianópolis, morreu após colidir contra um carro que vinha no sentido contrário, na rodovia federal.

Douglas morreu em um acidente quando voltava da motociata na Capital – Foto: Redes sociais/Reprodução/ND

O acidente, registrado no Km 1,9, aconteceu por volta das 13h. A moto conduzida pela vítima avançou sobre o canteiro entre as pistas, batendo contra um carro. O motorista do veículo não se feriu.

  • 20/08/2021

Em Bocaina do Sul, na Serra catarinense, uma mulher morreu no local e outras seis ficaram feridas após uma colisão entre dois veículos, envolvendo um Voyage, com quatro homens, e um Gol, que era da Secretaria de Saúde de Bom Retiro, ocupado por três pessoas.

  • 24/08/2021

Bruno Tomasi, de 28 anos, e Luis Antônio Rodrigues, de 22, morreram no trecho da rodovia que passa por Vargem Bonita, após uma colisão frontal contra um caminhão.

A batida envolveu o carro das vítimas, um Chevrolet Celta, e um caminhão da marca Mercedes-Benz. O motorista do caminhão não se feriu.

  • 08/09/2021

Mãe e filho morreram em um violento acidente em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis. A batida ocorreu na manhã da última quarta-feira (8), também na BR-282.

Mãe e filho morreram no local do acidente, em Rancho Queimado – Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução/ND

Sandra Camargo, 60 anos, e Kao Mondadori, 33, estavam em uma motocicleta Kawasaki/Versys, com placas de Campos Novos (SC), que bateu com um Hyundai/HB20, de São Miguel do Oeste (SC).

Mãe e filho morreram no local do acidente. Já o motorista do carro não se machucou. A PRF informou que foi uma batida transversal.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.