Solução da ENGIE garante economia na conta de luz

Diante de um cenário energético desafiador, com tarifas elevadas em decorrência da crise hídrica, as empresas têm buscado maneiras de reduzir as despesas com energia. Contratar o fornecimento diretamente de geradoras e comercializadoras, em vez das distribuidoras locais, tem se mostrado uma alternativa vantajosa nessa direção. Para apoiar pequenas e médias empresas nessa mudança, a ENGIE  lançou o E-conomiza.

A solução, voltada para empresas que gastam mais de R$ 55 mil mensais com energia, tem a economia na fatura garantida em contrato. Além disso, assegura o fornecimento de energia gerada por fontes renováveis – eólica, fotovoltaica, hidrelétrica ou a biomassa, por exemplo –, agregando sustentabilidade ao negócio. Essa mudança positiva é possível graças ao Mercado Livre de Energia, ambiente especial de negociação do qual o E-conomiza faz parte, em conformidade com a regulamentação do setor elétrico.

“Essa solução foi criada a partir da experiência da ENGIE no atendimento ao mercado brasileiro, adquirida em mais de duas décadas de atuação junto a nossos clientes. Com o E-conomiza, pequenas e médias empresas podem acessar todas as vantagens de comprar energia diretamente de uma geradora, de forma ágil e confiável”, explica Gabriel Mann, diretor de Comercialização de Energia da Engie Brasil Energia.

Para contratar a solução, o único requisito a ser observado é a faixa de consumo, ou seja, a carga de energia elétrica demandada pelo negócio – um dado que o time de especialistas da ENGIE ajuda o cliente a descobrir. O mais importante, em um primeiro momento, é verificar se as faturas de luz da empresa se aproximam dos R$ 55 mil ao mês. Esse valor pode ser alcançado pela soma do consumo de diferentes unidades, como matriz e filiais – um caminho interessante para que redes, especialmente de comércio e serviços, mudem a forma de comprar energia.

Facilidade na migração
Todo o processo operacional da migração para o E-conomiza, bem como a gestão da conta de energia, é realizado por profissionais especializados da ENGIE. Assim, a única responsabilidade do cliente é pagar duas faturas mensais – uma para a geradora, referente ao fornecimento, e outra à distribuidora local, relativa à infraestrutura de transporte da energia até a empresa.

Assim, o E-conomiza permite que a mudança seja realizada por empresas que não mantêm uma equipe dedicada à gestão de energia e contratos. “Para avançar, é preciso que as empresas entendam melhor as vantagens que essa modalidade de contratação oferece: amplo poder de escolha, maior competitividade, flexibilidade na negociação e previsibilidade de custos”, destaca Mann.

Essa combinação de fatores, que inclui a redução de custos, o acesso ao Mercado Livre de Energia e o respaldo de especialistas experientes, faz com que a solução se mostre especialmente interessante para pequenas indústrias, shoppings, hotéis e redes de varejo.

Fontes renováveis

No Brasil, a ENGIE é a maior empresa privada de energia do País, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas. Operando 72 usinas, em diferentes regiões, tem cerca de 90% de sua capacidade instalada no Brasil proveniente de fontes renováveis.

Outra das vantagens de ingressar no Mercado Livre é a possibilidade de selecionar fontes renováveis de energia, um poder que os clientes do mercado cativo das distribuidoras não dispõem. A ampliação dessa modalidade ainda favorece a expansão da geração de energia elétrica no Brasil, especialmente em fontes renováveis: o setor responde atualmente por 72% do parque gerador em construção no país, o equivalente a 34,5 GW até 2025.

The post Solução da ENGIE garante economia na conta de luz appeared first on InfoMoney.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.