Governo divulga capacidade máxima permitida no estádio Augusto Bauer para retorno do público

Foi divulgada nesta segunda-feira, 13, a quantidade de torcedores permitida no estádio Augusto Bauer pelo governo do estado de Santa Catarina. Da capacidade máxima, de 5.000 pessoas, serão permitidas apenas 30% deste total, ou seja, 1.500 pessoas.

A lista divulgada estabeleceu a capacidade de cada estádio de Santa Catarina.

Governo de Santa Catarina

Os protocolos fazem parte da retomada do público nos jogos de futebol e outras modalidades esportivas no estado. Além da ocupação máxima de 30% das cadeiras, outras medidas foram solicitadas.

Entre as regras para acesso aos estádios está a comprovação de esquema vacinal completo (duas doses ou dose única), ou laudo negativo para a Covid-19 emitido nas últimas 72h.

Confira os protocolos:

– A ocupação máxima por estádio será de 30% das cadeiras ou similares;

– Os clubes deverão apresentar o Plano de Contingência;

– A comercialização de ingressos deve ser realizada preferencialmente por meio eletrônico, podendo também ser feita de forma presencial, sendo obrigatória a emissão de ingresso nominal;

– Para acesso ao estádio, será obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação completa tendo 14 dias de intervalo da segunda dose ou do laudo de exame RT-qPCR ou Pesquisa de Antígeno com resultado negativo;

– O uso de máscaras é obrigatório durante todo o período de realização do evento;

– Apenas será permitida presença de público nos setores com assentos numerados;

– É vedada a presença do público em pé;

– Os portões devem ser abertos com no mínimo 2 horas de antecedência à partida, para coibir aglomerações;

– Deverá ser providenciada marcação e cumprimento de distanciamento físico de 1,5 m.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

The post Governo divulga capacidade máxima permitida no estádio Augusto Bauer para retorno do público appeared first on O Município.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.