Com medo, Tamanduá “se rende” de braços abertos no Morro da… Formiga

Rio de Janeiro – Um tamanduá-mirim se perdeu na Floresta da Tijuca, uma das maiores florestas urbanas do mundo, e foi visto em becos e vielas do Morro da Formiga, na Tijuca, na zona norte do Rio. A favela, que cresceu em parte do maciço onde está concentrado a área verde, tem diversas ligações com a mata e, não raro, animais silvestres acabam aparecendo na comunidade.

Em um vídeo, o tamanduá aparece se erguendo e abrindo os braço repetidamente, uma ação, segundo especialistas, de defesa contra possíveis ameaças. De acordo com o biólogo Izar Aximoff, em entrevista ao G1, o bicho manteve essa postura por estar com medo – além de abrir os braços, ele coloca as unhas para fora por se sentir ameaçado.

Após o flagrante, o tamanduá-mirim acabou capturado e devolvido à floresta, depois de ser avaliado por especialistas,

Nas redes, as piadas ganharam força. Afinal, o animal que se alimenta de formigas e cupins foi parar no Morro da Formiga, local que traz o atrativo no nome. Em comentários mais ácidos, moradores disseram que ele levantou os braços acreditando que seria abordado pela polícia. “Já botando a mão pro alto escaldado com os cana”, comentou um internauta no Twitter.

Com bom humor, outros “revelaram” que, na verdade, o bichos estava saindo da comunidade depois de curtir um baile e, mesmo sem música, continuou dançando. Flamenguistas comentaram que o tamanduá estava imitando a comemoração de Gabigol durante os jogos.

O post Com medo, Tamanduá “se rende” de braços abertos no Morro da… Formiga apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.