Humorista que imitou Bolsonaro em jantar com Temer se justifica

O humorista André Marinho pronunciou-se pela primeira vez sobre a imitação que fez do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em jantar com o ex-presidente Michel Temer, na segunda-feira (13/9). “Em relação à política, você tem duas opções: rir ou chorar. Eu decidi rir e fazer graça”, disse ele no programa Pânico da rádio Jovem Pan.

Um vídeo com o momento da imitação viralizou e revoltou bolsonaristas. “Tem alguns momentos aqui que estou na função de comentarista político também. Você tem que ter relacionamentos e era só mais um evento social”, declarou Marinho.

“Tem que rir pra não chorar, mesmo os bolsonaristas que vem aqui eu tento manter uma relação cordial, uma linha direta, e tento cultivar bons relacionamentos. É assim que se faz política com p maiúsculo. Não que eu seja político, mas eu tenho que estar lá conversando, sabendo das internas e se informando. Eu sugiro que vocês cultivem os bons laços”, avaliou

Além de Temer, também estavam presentes no jantar o investidor Naji Nahas, que cedeu o apartamento onde mora para o evento, e o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. André Marinho é filho do político e empresário Paulo Marinho.

O post Humorista que imitou Bolsonaro em jantar com Temer se justifica apareceu primeiro em Metrópoles.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.